terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Vem...




 
Vem!
Dança o teu corpo no meu
Sente o pulsar do momento
Deixa-te ir neste prazer
Faz com que o fim seja lento

Vem!
Mergulha nesta melodia
De sons, de tons e paixão
Compõe um outro dia
Cria (mais) uma canção

Vem!
Dancemos a contra-dança
Com os corpos nus e suados
No teu peito desenho o teu nome
Com beijos longos e molhados

Vem!
Leva-me neste bailado
Conduzido sem pudor
Aquece-me os sentidos
Neste dança do amor!

Sem comentários:

Enviar um comentário